GRÉS VITRIFICADO

Os produtos em grés vitrificado fabricados pela STEINZEUG KERAMO N.V. atendem a Norma Europeia EN 295 e suas atualizações, em vigor em Portugal, disponíveis no IPQ – Instituto Português da Qualidade, por delegação do CEN – Comité Europeu de Normalização, em Bruxelas, com conhecimento do CERTIF entidade da qual fazem parte não somente o IPQ, como também o LNEC e outras entidades e fabricantes de materiais de construção.

Como agentes exclusivos da STEINZEUG KERAMO N.V. para o nosso país desde 1998, nós da DENOS temos vindo a divulgar estes produtos através de ações de formação nas Concessionárias de Serviços de Águas e Esgotos, nos Serviços Municipalizados de diversas cidades, nos Departamentos Municipais de Infira-Estruturas e Saneamento, além de várias empresas públicas e privadas, gabinetes de projetos e empreiteiros de obras públicas.

Os tubos e conexões para instalação a céu aberto cobrem os diâmetros de 100 a 1400 mm e para cravação por micro-tuneladora, cobrem os diâmetros 100 a 1000 mm.

Os nossos produtos foram escolhidos para várias obras de instalação de infira-estruturas de esgotos domésticos e pluviais gravíticos, que pode consultar on-line.

VANTAGENS DO USO DE GRÉS VITRIFICADO

As características principais dos tubos de Grés Vitrificado STEINZEUG são:

OS TUBOS*
  1. Resistem aos agentes químicos em zonas industriais.
  2. Resistem ao ácido sulfúrico criado pelas bactérias que se encontram nas redes de esgotos domésticos.
  3. São resistentes a todos os elementos agressivos encontrados nos diferentes tipos de solos ou nas águas do sub-solo.
  4. Grande resistência a abrasão, permitindo a redução da quantidade de saliências e ressaltos em zonas de muita pendente.
  5. Evita as limitações a grandes caudais dos efluentes.
  6. Índice de rugosidade muito baixo, permitindo variações das pendentes ou dos diâmetros, se comparados com os tubos de betão, por exemplo.
  7. Tanto os tubos como as juntas são bastantes resistentes a raízes.
  8. Os tubos nunca se deformarão. São resistentes aos equipamentos de limpeza mecânica.
  9. Têm uma vida útil ilimitada, já demonstrado ao longo dos séculos.

* Limitações: Há que evitar as seguintes condições que podem danificar os tubos:
– Choque térmico – Mudança brusca de temperatura ( por exemplo variações acima de 60ºC)
– Golpe de ariete

AS JUNTAS **
  1. São flexíveis para absorver eventuais assentamentos.
  2. São estanques a pressões internas e externas de até 1 bar.
    Isto evita a possibilidade de:
    Infiltrações e contaminações, já que uma infiltração faria com que a Estação de Tratamento estivesse a tratar águas em maior volume, resultando em um aumento de custos desnecessário. Estas infiltrações podem fazer ainda com que os agregados finos descolem do pavimento, criando vazios que irão afetar as faixas de rodagem das ruas e das estradas.
  3. Resistem a águas agressivas com alcalinidade entre Ph 1 e Ph 13 e a grandes variações de temperatura por exemplo de –10º até 70º.
  4. Os tubos já são fabricados com juntas de borracha, facilitando a colocação.

** Resistem aos esgotos domésticos com facilidade, mas Não resistem às águas residuais industriais.

Se tiver duvidas consulte-nos. Por exemplo, alguns diluentes atacam as juntas.
Nestes casos são instaladas juntas especiais.

ASSESSÓRIOS

CONEXÕES – CLASSES NORMAL e EXTRA
  • (GE) conexão de grés vitrificado, com proteção interna, para ligação a caixa de inspeção, DIN/EN295-RAL.
  • (GZ) conexão de grés vitrificado, com proteção interna, para ligação a caixa de inspeção, DIN/EN295-RAL.
  • (GA) conexão de grés vitrificado, com proteção interna, para ligação a caixa de inspeção, DIN/EN295-RAL.
ANÉIS

Anéis do tipo P para reposição da junta dos tubos cortados em obra.

REABILITAÇÃO PARA REVESTIMENTO DE COLETORES EXISTENTES

Meia secção de tubos em grés vitrificado DIN/EN295-RAL, 1.00m de comprimento.

DERIVAÇÕES

– Ramais em tubos de grés vitrificado DIN/EN295-RAL.

– Forquilhas de grés vitrificado DIN/EN295-RAL